top of page
  • Foto do escritorRicardo Rochman

Parecem muitos mas são poucos fundos

Estamos pesquisando FoFs de ações (Fund of Funds), e chegamos a alguns números preliminares interessantes e curiosos que vamos dividir com vocês.


Partimos de uma amostra de 3.301 fundos de ações (já retirando os fundos exclusivos), destes 2.023 investem em outros fundos de ações brasileiros, e os 1.278 restantes que vamos chamar de "master" não investem em outros fundos brasileiros, ou no máximo investem em fundos de ações localizados no exterior.


Desses fundos master, resolvemos olhar minuciosamente os 10 maiores por patrimônio líquido, que tem em conjunto mais de R$ 43 bilhões de patrimônio, e são por ordem alfabética: Absolute Pace LB, Absoluto Partners, Atmos, Dynamo Cougar, Nucleo, Oceana Long Biased, Sharp Long Biased, Spx Falcon, Squadra Long Biased, Squadra Long Only. Vamos chamar carinhosamente esses fundos de "Clube dos 10".


Da amostra inicial, 585 fundos (17,7% da amostra total, e 28,9% dos fundos que investem em outros fundos) ou 84.107 cotistas investem direta ou indiretamente no Clube dos 10. No link é possível ver os fundos master (maiores círculos) e os fundos que investem neles.


https://lnkd.in/e7wma5v2


O Clube dos 10 fundos investe em 92 títulos diferentes, sendo 56 ações (48,2% do valor investido total nos fundos); 15 títulos públicos (15,5% do valor investido) principalmente LFTs; 12 fundos offshore (29,5% do valor investido); 8 BDRs ou ações negociadas no exterior (6,7% do valor investidor), e 1 ETF (0,1% do valor investido).


Das 56 ações, 8 delas respondem por 42,8% do valor investido total, que são: Eneva, Equatorial, Hapvida, Localiza, Omegaenergia, Petrorio, Rede D'Or, Rumo (setores de energia, saúde, logística e petróleo são os preferidos do Clube).


O Clube dos 10 gosta de investir no exterior, pois 36,2% do valor investido está em fundos offshore, BDRs ou ações no exterior, ou seja, investir nesses fundos já vem com diversificação internacional. O tamanho desses fundos, o menor tem patrimônio superior a R$ 2 bilhões, fez com que os gestores procurassem investir no exterior para ter acesso a uma gama maior e mais diversa de oportunidades de investimento.


7 dos 10 fundos tem títulos públicos (LFT ou NTN-B) como um dos seus 3 principais investimentos, a alta taxa de juros no Brasil nos últimos anos tem feito com que gestores de fundos de ações realocassem recursos para as LFTs e NTN-Bs, algo que provavelmente irá mudar com o movimento de redução da SELIC. Interessante que 2 fundos investem no ETF Ishares Ibovespa, cada um com aproximadamente 5% da carteira do fundo.


Quanto ao desempenho, 6 dos fundos do Clube dos 10 tiveram retorno maior do que o IBOVESPA nos últimos 24 anos, aproximadamente 21,8% de retorno médio acima do IBOVESPA no período. Os 4 fundos restantes obtiveram retorno médio de -18,2% em relação ao do IBOVESPA no período. Popularidade não significa bom desempenho.


Resumo: 3.301 fundos de ações -> 585 investem direta ou indiretamente em 10 fundos -> e nestes há 8 ações com 42,8% do total investido.


83 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page