top of page
  • Foto do escritorRicardo Rochman

IBOVESPA deflacionado pelo IPCA: retorno e risco

Em outro post falei sobre o rendimento da taxa DI acima do IPCA de 2000 até abril de 2023, considerando 39.340 simulações (todos possíveis prazos e inícios de investimento no período, há prazos de 1 mês até 23 anos), que foi em média 5,3% ao ano acima da inflação medida pelo IPCA.


Agora mostro os resultados para o mesmo tipo de simulação, mas com o IBOVESPA ao invés da taxa DI (“CDI”). Em primeiro lugar, o IBOVESPA obteve uma taxa de retorno de 4,66% ao ano acima do IPCA, inferior ao resultado com a taxa DI, e com volatilidade (desvio padrão) muito superior ao das simulações com a taxa DI (18,88% contra 2,89% ao ano). De forma simples, a relação retorno sobre risco (média de retorno dividido pela volatilidade) da taxa DI foi bem superior ao do IBOVESPA.


No gráfico se pode visualizar bem a volatilidade, pois enquanto os investidores em DI experimentaram estabilidade nos rendimentos no decorrer do período, os que investiram no IBOVESPA passearam em montanha russa. Se pode ver também que o IBOVESPA passa por ciclos bem claros, e que em alguns momentos o rendimento da renda variável é muito superior ao DI, ou seja, diversificar com bolsa de valores pode ser interessante para escalar os ciclos de alta, mas o longo prazo não garante necessariamente taxas de retorno superiores a taxa DI.


Durante o período simulado, em 32,4% dos cenários o IBOVESPA perdeu para o IPCA enquanto a taxa DI perdeu em somente 3,23% dos cenários. O gráfico mostra dois ciclos fortes de perdas em relação a inflação para o IBOVESPA, o da crise dos Subprime a partir de 2007 e o da pandemia da COVID-19. A taxa DI só sofreu no caso da pandemia, por terem forçado a redução da taxa.


Um dos motivos para dizerem que “bolsa é bom negócio no longo prazo” é porque você precisa estar nela para capturar altas expressivas, que não sabemos ao certo quando irão ocorrer. Na tabela que coloquei dentro do gráfico, fui retirando percentuais das simulações que representam os menores e maiores valores, e recalculei a taxa média e desvio padrão. Vejam que a taxa DI continua com retorno de aproximadamente 5,2% ao ano acima do IPCA, enquanto o IBOVESPA cai para algo em torno de 3,2% ao ano acima do IPCA, pois os poucos momentos de alta rentabilidade foram retirados.



Investimento em IBOVESPA e taxa DI deflacionado pelo IPCA
Investimento em IBOVESPA e taxa DI deflacionado pelo IPCA

74 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page