• Ricardo Rochman

Excesso de alunos em sala?

Adoro tomar café da manhã lendo jornal (hábito que procuro passar aos meus filhos), e hoje me deparei com a notícia https://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,relatorio-mostra-desafio-para-o-retorno-as-aulas-no-brasil-por-causa-do-excesso-de-alunos-por-sala,70003429194


Como professor e devido a pandemia a manchete chamou a minha atenção, juntamente com o uso da expressão "...excesso de alunos por sala". Será que temos mesmo um excesso de alunos por sala?


Ao ler a matéria vemos que no estágio inicial do ensino fundamental a média de alunos em sala no Brasil é de 23, enquanto nos países da OCDE a média é 21, entre nós, a diferença de 2 alunos em média por sala não me parece ser grande. Aí fui ver quem estava acima do Brasil, e achei alguns países como França e Austrália com a mesma média brasileira, e Reino Unido, Israel e Japão com médias superiores a do Brasil. TODOS estes países com melhores notas no exame PISA da própria OCDE (https://www.oecd.org/pisa/PISA-results_ENGLISH.png).


Na mesma matéria escreveram que o Brasil tem 27 alunos por sala em média (28 se considerar só a rede pública) nos anos finais do ensino fundamental, enquanto a média da OCDE é de 23 alunos. Também fui ver quem estava acima do Brasil no ranking, e vi que a Coréia do Sul tem a mesma média brasileira, Israel tem 28 alunos e vejam o absurdo, o Japão tem 32 alunos em média! (alerta ironia)


Tem que se entender que o número de alunos em sala depende da metodologia de ensino adotada, em alguns casos precisamos ter 10 a 15 alunos em sala no máximo, para outras metodologias precisamos ter 50 ou mais alunos. O problema do Brasil não é excesso de alunos em sala.


O que deve ser visto é a qualidade das instalações e infraestrutura das salas de aula, conforme a metodologia adotada, e principalmente ter um bom e bem remunerado corpo de professores e pessoal de apoio aos alunos e escolas.


Os autores da matéria poderiam ter visto as estatísticas da OCDE sobre a relação entre alunos sobre pessoal de ensino (teaching staff), e veria que esta é diferente entre o Brasil e os países com melhor qualidade educacional. Enquanto no Brasil a relação é de 24 alunos por pessoal de ensino, nos países que mencionei anteriormente fica entre 15 a 16 alunos, ou seja, precisamos aumentar o número de profissionais de ensino nas escola, bem como sua formação e remuneração.




#educacao #ensino

32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo