• Ricardo Rochman

Documentários para o final de semana: LGPD.

Sábado à noite a família reunida para rever o último capítulo da novela (sim, tem gente que ainda assiste TV e novela), e eu que não sou fã de novela resolvi passar mais algumas fases do joguinho dos doces.


Ao entrar no app veio a mensagem que eu precisava concordar com os novos termos e condições, caso contrário não poderia jogar mais. O que havia de novo? A entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) em 18/09/2020.


Ela trouxe mais proteção aos usuários? Não necessariamente, as empresas agora nos obrigam a concordar com novos termos em condições, para que elas continuem a captar e usar nossos dados pessoais, ou não teremos acesso aos apps que gostamos. Já o Governo terá acesso mais fácil, e legal, aos dados.


A LGPD colabora com a organização e "transparência" das relações de trocas de dados entre cidadãos, empresas e governo, tão essenciais na sociedade contemporânea. No entanto, não abrange a questão da ética no uso dos dados, e como são usados para influenciar e persuadir as pessoas para atitudes, como, por exemplo, consumir ou votar.


Consulte o seu cadastro positivo, e verá como sua privacidade já não existe mais.

Recomendo os documentários "O Dilema das Redes" (https://www.imdb.com/title/tt11464826/) e "Privacidade Hackeada" (https://www.imdb.com/title/tt4736550/) para entender os riscos e perigos do mau uso dos dados. O primeiro discute a questão da ética no uso dos dados, e o segundo mostra o escandâlo da empresa Cambridge Analytica que com seus serviços conseguiu influenciar eleições e votações.



14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo