• Ricardo Rochman

Quer conhecer o futuro? Então olhe para cima

Quer conhecer o futuro? Então olhe para cima, para o hemisfério norte.

Essa foi uma dica (e não é que funciona) que um empreendedor (ou "startupeiro") me deu anos atrás em uma conversa sobre tendências. Aliás, é o que fazem muitos dos que se autodenominam "futuristas", mas isso é assunto para outra discussão.

O que gostaria de compartilhar é o descaso dos governos do que estava por vir, a segunda onda da COVID-19, mas foi totalmente ignorada.

Voltando para 2020, quando o novo Coronavírus começou a se disseminar rapidamente na China e Europa, as autoridades nada fizeram, e tivemos uns 2 meses para nos preparar.


Quando a Europa começou a sentir os efeitos dos feriadões no aumento dos casos, por aqui ignoramos completamente e fomos comemorar a independência sem pensar no amanhã.

Em outubro de 2020, quando a segunda onda da COVID-19 veio na Europa, resultado das férias de verão por lá, as autoridades brasileiras ignoraram e não se prepararam. Lembrando que à época ainda viriam os feriados de final de ano, e a possibilidade (para não dizer certeza) que os casos aumentariam.

Devemos sempre olhar e pensar no futuro, mas temos que estudar o passado, e seus dados, para nos planejarmos cada vez melhor. O que vemos hoje no Brasil, e infelizmente no Amazonas, é uma tragédia que poderia ser evitada com uma simples análise dos dados que vem do hemisfério norte, e os próprios dados e experiências vividas desde fevereiro de 2020.


#opiniao

39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo