• Ricardo Rochman

Como a análise de dados (analytics) influenciou a Final do Beisebol?

Beisebol não é um esporte comum e difundido no Brasil, mas é muito apreciado nos EUA, Japão e alguns países no mundo.


É um jogo simples de 9 rodadas (innings) sendo que em cada uma delas os times tem suas escalações de ataque e defesa. O objetivo do time de ataque é dar o maior número de voltas possível em um quadrado (simplifiquei bem, não fiquem bravos comigo), afinal cada volta é um ponto. Enquanto o time de defesa tem que eliminar 3 jogadores de ataque, tentando impedir que façam pontos. O jogador de defesa mais importante é o arremessador (pitcher) que vai tentar eliminar os atacantes (rebatedores) sem que pontuem.


É um jogo de equipe mas onde o talento individual tem um peso muito (muito!) grande, a tal ponto que as mais diferentes estatísticas de desempenho dos jogadores são calculadas e observadas por toda sua carreira. Tanto que jogadores são contratados e escalados com base nas suas estatísticas.


A final do beisebol da Major League Baseball (MLB, https://www.mlb.com/) nos EUA, conhecida como World Series, é decidida em série de até 7 jogos, sendo o vencedor aquele que conquistar 4 vitórias primeiro. Este ano na 6a rodada o time Tampa Bay Rays estava ganhando o jogo de 1 a 0 contra o Los Angeles Dodgers, no sexto jogo da série liderada pelos Dodgers (3 a 2), quando Kevin Cash o técnico principal (manager) dos Rays decidiu trocar o arremessador Blake Snell, que está entre os 20 melhores de toda liga.


Por que Cash substituiu Snell?


Até o momento da substituição Snell estava jogando muito bem, não tinha permitido nenhum ponto, e eliminou alguns dos principais (e mais fortes) atacantes dos Dodgers. No entanto, as estatísticas diziam que o desempenho de Snell cai a partir da 6a rodada, e como viriam novamente atacantes fortes dos Dodgers, o manager Cash decidiu acompanhar as estatísticas (como sempre faz) e fez a substituição. Snell estava bem e saiu contrariado, respeitando a decisão de Cash.


O que aconteceu em seguida? Nick Anderson, o substituto de Snell, imediatamente permitiu que os Dodgers fizessem 2 pontos, e o time de Los Angeles virou o jogo, que terminou 3 a 1 fazendo com que os Dodgers ganhassem o campeonato deste ano.


A decisão do manager Cash foi baseada puramente nas estatísticas, e são nelas que até hoje (e provavelmente para sempre) ele justifica a decisão tomada.


Ele estava errado em se basear nas estatísticas? Não completamente, mas o que as estatísticas não refletiam era o momento, o ambiente, o comportamento e toda história do campeonato durante a pandemia, e das finais que foram em uma "bolha".


Uma temporada normal de beisebol na MLB tem 162 jogos, este ano devido a pandemia foram 60 jogos somente, ou seja, o arremessador tinha braço menos desgastado do que em outras temporadas. As finais foram jogadas em uma "bolha", ou seja, em campo neutro que evitou deslocamentos e viagens longas, reduzindo o cansaço dos jogadores.


Essa foi a primeira final da carreira do Snell, que começou como jogador profissional em 2016, e em 2018 ganhou o prêmio Cy Young dado aos melhores arremessadores da liga. Ou seja, não havia estatísticas de desempenho do Snell em finais, somente em temporadas regulares, aquelas de 162 partidas em menos de 6 meses.


O comportamento de jogadores muda em finais? Sim, alguns não aguentam a pressão e responsabilidade, enquanto outros crescem em desempenho. Snell estava crescendo em desempenho, tanto que jogadores dos Dodgers comemoraram quando ele foi substituído. Era possível ver nos rostos dos atacantes dos Dodgers que não estavam confortáveis em jogar contra Snell quando isso acontecia. Enquanto o substituto de Snell disse em entrevista depois da partida que estava fatigado (algo que não aparecia nas suas estatísticas).


A análise de dados é muito importante para o mundo dos esportes e dos negócios, mas deve ser usada com cuidado pois ela não considera (e dificilmente considerará) todas as variáveis e fatores que influenciam o desempenho de pessoas, empresas e economias. Ao analisar dados é essencial conhecer não somente como foram coletados, mas também o ambiente e condições, para que eles possam ser usados de forma adequada para tomada de decisões.


Se Cash tivesse analisado com cuidado as estatísticas e o ambiente, teria visto que os dados poderiam não ser válidos para o momento, pois os envolvidos não viveram situação semelhante anteriormente. Aí a decisão poderia ter sido diferente bem como o desfecho do jogo e das finais.


O mundo e a forma de se fazer e gerenciar negócios está mudando rapidamente, por isso novos dados e estatísticas surgirão bem como novos padrões serão capturados futuramente, o que faz com que o trabalho de análise dos dados deva ser realizado de forma mais cuidadosa, senão pode perder a partida mais importante, afinal o passado pode não se repetir da mesma forma. Observe os dados mas não confie cegamente neles.


Como dica para entender mais sobre beisebol e uso de analytics recomendo o filme "O Homem Que Mudou o Jogo" (Moneyball, https://www.imdb.com/title/tt1210166/) de 2011, baseado em história verídica que mostra como um manager (Brad Pitt), que contava com orçamento reduzido, montou um time de baixo custo mas capaz de competir até chegar a finais da sua liga.



#analytics #analisededados


104 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo